Página Principal Ajuda contato
Faculdade de Educação Física - UFU Universidade Federal de Uberlândia
 

Desenvolvendo atividades nos campos do planejamento e da construção de metodologias de ensino da Educação Física Escolar, associados à formação continuada de professores, o Nepecc conta com a participação ativa de:

professores de Educação Física da FAEFI/UFU e da ESEBA/UFU, das Redes Públicas Estadual e Municipal de Ensino, representantes dos discentes da Faculdade de Educação Física/UFU, professores de áreas afins e outros convidados.

Página Principal História, composição e objetivos do Nepecc Fundamentos filosófico-pedagógicos da Educação Física Escolar Programas, Projetos e Atividades concluídos e em desenvolvimento Dicas e atalhos interessantes
 


PERCURSO HISTÓRICO DO NÚCLEO

Em 1992 um grupo formado por professores da Educação Física Infantil da Escola de Educação Básica (ESEBA/UFU) e da disciplina Desenvolvimento Motor e Aprendizagem Motora, do Departamento de Educação Física e Esportes - DEEFE/UFU (hoje Faculdade de Educação Física - FAEFI/UFU), que trabalhava em parceria na realização do estágio supervisionado, identificou a inexistência de proposta pedagógica para a Educação Física Escolar e a falta de políticas de formação continuada para professores na UFU.

Identificaram também a inexistência de núcleos universitários de pesquisa relacionados com a Educação Física Escolar no Triângulo Mineiro e região, bem como a falta de estrutura para o desenvolvimento de trabalhos de estímulo à pesquisa, capacitação e assessoria às redes municipais e estaduais de ensino.

Nesse contexto o grupo sentiu necessidade de integrar esforços na implementação de Projetos de Ensino, Pesquisa e Extensão para Educação Física e Esporte Escolar enquanto o campo de vivência do exercício da cidadania participativa.

Nesse mesmo ano, foi encaminhado ao FNDE/MEC o projeto denominado Proposta Pedagógica de Educação Física para o nível Pré-Escolar para construção do material pedagógico necessário ao estágio supervisionado e implementando uma Proposta Pedagógica Inicial para a Educação Física Escolar.

Na medida em que o grupo aproximava a análise do cotidiano escolar com a teoria e refletia criticamente sobre esta relação, começou a ser vislumbrada a construção de uma proposta de trabalho coletivo que teria como fundamento o planejamento e a organização do ensino e da prática de pesquisa científica, associado à leitura constante da realidade social e suas condicionantes políticas, econômicas e culturais.

A sistematização desse trabalho foi desde então intitulada Planejamento Coletivo do Trabalho Pedagógico – PCTP, e socializado, pela primeira vez, em outubro de 1993, no Congresso dos Educadores de Minas, na cidade de Uberlândia, Minas Gerais.

Com a repercussão positiva da proposta junto aos professores de Educação Física das redes públicas municipal e estadual, o PCTP passou a ser apresentado em outros eventos científicos e em cursos de capacitação para professores das redes públicas de ensino da região.

A partir desses diagnósticos e iniciativas foi criado, no segundo semestre de 1994, o Núcleo de Estudos em Planejamento e Metodologias do Ensino da Cultura Corporal - NEPECC/UFU, com a participação de docentes da FAEFI/UFU e da equipe de professores de Educação Física da ESEBA/UFU.

Com a criação desse Núcleo, foi elaborado em 1994, o primeiro Projeto Acadêmico denominado Proposta Pedagógica de Educação Física para o Ensino Infantil: dimensão extensionista numa perspectiva ampliada de Educação. O objetivo desse projeto foi apresentar uma experiência de planejamento curricular para o Ensino da Educação Física Escolar e desencadear a realização de eventos científicos de caráter político-pedagógico, para que o tema Educação Física fosse amplamente debatido na comunidade – ESEBA/UFU, professores das Redes Públicas de Ensino e estudantes de graduação.

Diante da consolidação das atividades em desenvolvimento, o NEPECC/UFU foi institucionalizado na Universidade Federal de Uberlândia, com aprovação no primeiro semestre de 1995, em primeira instância, do então Conselho do Centro de Ciências Biomédicas da UFU – CEBIM/UFU.

Por outro lado, a partir de uma série de diagnósticos de área realizados em 1994, foi implementado e realizado o I Curso de Especialização em Metodologia da Educação Física Escolar, em convênio com a Prefeitura Municipal de Uberaba, Minas Gerais, no contexto de desenvolvimento de um programa de democratização da escola municipal associado à Proposta “Escola Cidadã”, do Instituto Paulo Freire.

Ainda nesse ano, pelo acúmulo de informações levantadas em torno das experiências pedagógicas desenvolvidas e orientadas, foi formalizado o primeiro trabalho de Pesquisa Educacional do NEPECC/UFU, denominado Competição, Educação e sociedade: em busca da compreensão do sentido/significado da competição na escola e na aula de Educação Física. Este projeto, após aprovação pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - PIBIC/CNPq/UFU, permitiu a incorporação de quatro bolsistas de iniciação científica. Além das publicações e relatórios apresentados ao PIBIC, um artigo sobre este trabalho foi publicado na Revista do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, em 1996.

Em 1995, contando novamente com o apoio do FNDE/MEC e baseados nas discussões que aconteciam no interior do Núcleo, foi realizado o curso de extensão sob coordenação da equipe de professores da ESEBA/UFU, intitulado Avaliação Qualitativa na Educação Física: uma contribuição para a melhoria do Ensino Básico, com a participação do Prof. Dr. Alfredo Gomes de Faria Júnior.

Entre 1994 e 1996 o NEPECC/UFU realizou três semanas científicas e três eventos de intercâmbio científico-pedagógico institucional de Educação Física Escolar, com financiamento do FNDE/MEC. Procurava-se com estas ações ampliar os horizontes de reflexão teórico-prática dos estudantes da FAEFI/UFU, das demais faculdades da UFU, de outras Instituições de Ensino Superior, dos professores da ESEBA/UFU e das redes públicas de ensino da região.

Os eventos de intercâmbio possibilitaram uma interessante troca de experiências com outros núcleos tais como o LABOFISE da UFPE e da Faculdade de Educação Física da UFG.

Em 1996 o NEPECC/UFU foi convidado, na pessoa do Prof. Gabriel Humberto Muñoz Palafox, para assessorar/orientar a elaboração da proposta curricular da Educação Física Escolar na rede pública municipal de ensino. Este trabalho tornou-se permanente e associado a uma política de formação continuada dos professores dessa rede de ensino, tendo funcionado até 2004.

Ainda nesse mesmo ano, a partir da solicitação de um grupo de professoras de Educação Física da Rede Pública Municipal de Ensino de Uberlândia que participavam do programa de formação continuada da RME/UDI, o NEPECC/UFU organizou e realizou um curso de Especialização em Educação e Reeducação Motora com financiamento pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES/MEC, com a finalidade de responder às demandas de professores especializados em Educação Física Infantil para atender as escolas de educação infantil da rede pública municipal de ensino de Uberlândia.

Em 1997 a profª Dinah Vasconcellos Terra, então integrante do NEPECC/UFU, foi convidada para assessorar a elaboração da proposta curricular da área de Educação Física da rede estadual de ensino na região de Uberlândia.

Entre 1996 e 1997, como resultado do desmembramento de projetos acadêmicos que precisavam ser ampliados para outras áreas de intervenção na área da Educação Física, o NEPECC/UFU foi reestruturado, com a saída de vários membros fundadores do Núcleo para criar ou ampliar outros projetos de intervenção social fora do âmbito escolar.

O Núcleo continuou contando com a participação ativa da equipe de professores de Educação Física da ESEBA/UFU, do Diretório Acadêmico e da Associação Atlética da Faculdade (entidades que já faziam parte desde 1994), bem como das coordenações de área das redes pública municipal e estadual de ensino, todos na qualidade de membros efetivos. Esse fato provocou uma reestruturação no NEPECC/UFU, delimitando assim, suas atividades no campo do planejamento e da construção de metodologias de ensino da Educação Física Escolar associados à formação continuada de professores.

Com esta nova configuração, entre 1998 e 2003 o NEPECC/UFU participou ativamente de vários eventos regionais e nacionais, destacando-se que nesse período a professora Gislene Alves do Amaral, Coordenadora de área da Rede Pública Municipal de Ensino de Uberlândia e, até então, membro do NEPECC/UFU, integrou-se ao Grupo de Trabalho Temático “Escola”, do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte.

No processo de criação e desenvolvimento da sistemática do PCTP destacam-se os momentos de construção coletiva de Estratégias de Ensino, sistematizadas para promover, entre outros aspectos, a reflexão coletiva de experiências advindas do cotidiano escolar.

Para socializar e divulgar o resultado dos trabalhos desenvolvidos nesse processo pelos professores envolvidos nos programas de formação continuada, instituídos na ESEBA/UFU e na rede pública municipal de Uberlândia, foi criado, em 2001, como parte da sistemática do PCTP/EF, o Simpósio de Estratégias de Ensino em Educação/Educação Física Escolar.

Como resultado da realização do primeiro Simpósio foi organizado e publicado, em 2002, o livro intitulado Planejamento Coletivo do Trabalho Pedagógico – PCTP: a experiência de Uberlândia, editado pela Casa do Livro/Linograf.

Consideramos importante ressaltar que a experiência acumulada no NEPECC/UFU, na área de planejamento coletivo do trabalho pedagógico entre professores, foi utilizada também como referência fundamental para orientar, em caráter oficial, o processo de construção coletiva da Carta de Princípios Político-Pedagógicos das 90 escolas da Rede Pública Municipal de Ensino de Uberlândia, contando com a participação dos pais, dos alunos e dos profissionais da Educação. Este processo, iniciado em março de 2003, culminou no mês de novembro do mesmo ano com a realização do Primeiro Congresso Municipal Constituinte da Rede Pública Municipal.

Neste percurso histórico sob a sistemática PCTP, foram produzidas duas dissertações de mestrado e duas teses de doutorado. Estas produções são as seguintes:

ANDRADE, Eliane Vieira. Planejamento Coletivo e o Trabalho Pedagógico de Educação Física na Escola de Educação Básica da UFU: avanços e possibilidades. Uberlândia: Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Uberlândia, 1999.

MUÑOZ PALAFOX, Gabriel Humberto. Intervenção e Conhecimento: a importância do Planejamento de Currículo e da formação continuada para a transformação da prática educativa. São Paulo: Tese de Doutorado, PUC-SP, março/2001.

AMARAL, Gislene Alves do. Planejamento de Currículo na Educação Física: possibilidades de um projeto coletivo para as escolas públicas de Uberlândia, Minas Gerais. São Paulo: Dissertação de Mestrado, PUC-SP, junho/2003.

TERRA, Dinah Vasconcelos. La construcción del saber docente de los profesores de Educación Física: los campos de vivencia. Barcelona: Tese de Doctorado, Janeiro/2004.

Torna-se importante ressaltar a aprovação no Programa de Mestrado da Faculdade de Educação da UFU (PPGE/FACED/UFU) de diversos professores das redes públicas que compartilharam por algum tempo as experiências do Núcleo, além de vários membros efetivos do NEPECC/UFU. Nesse conjunto, nos três últimos anos ingressaram no mestrado:

  • em 2004 - Leandro Rezende (ESEBA/UFU) e Marina Ferreira de Souza Antunes (RME/UDI, ex-coordenadora da área de Educação Física);

  • em 2005 - Robson Gonçalves Félix (SEE/MG), Ângela R. Luiz (RME) e Patrícia Belchior de Oliveira Lacerda (RME);

  • em 2006 - Sarah Maria de Freitas Machado Silva (na época ESEBA/UFU e atualmente ESEFFEGO/UEG), Sérgio Teixeira (RME) e Kátia Ferreira (Pedagoga - RME).

Em 2005 o NEPECC/UFU passou por nova reestruturação mediante o desligamento de alguns membros, a reorganização das atividades desenvolvidas e a revisão das prioridades do Núcleo. Essa reestruturação se deu concomitante à nova configuração política na Prefeitura Municipal de Uberlândia. Pelas condições apresentadas, o Núcleo decidiu não se submeter aos critérios definidos por esta gestão ao papel da coordenação de área por compreender que tais condições comprometeriam a autonomia e a formação crítica dos professores envolvidos, princípios estes tão valorizados pelo NEPECC/UFU. Desta forma, a solução encontrada foi o afastamento institucional da assessoria do Núcleo na rede municipal de ensino.

Nesse mesmo ano, dando continuidade ao trabalho realizado junto aos professores de Educação Física da 40ª Superintendência Regional de Ensino, o NEPECC/UFU intensificou sua atividade de assessoria e coordenação do PCTP na rede estadual de ensino, implementando o Programa de Formação Continuada de Professores da rede pública estadual de ensino de Uberlândia e região.

Mediante as dificuldades apresentadas pelos professores em acompanharem presencialmente as reuniões, o NEPECC/UFU vem repensando e construindo novas possibilidades de acesso e cooperação científica, pedagógica e inter-pessoal. Tais projetos, atualmente em estágio bastante avançado, logo serão disponibilizados ao público, tendo a previsão de implantação para o início de 2007.

 


COMPOSIÇÃO DO NEPECC

Muitos dos que compõem o Núcleo hoje o fazem desde sua fundação, em 1993, e outros foram se identificando e passaram a fazer parte da equipe durante a jornada.

Em vista da grande quantidade de professores e discentes colaboradores que constantemente auxiliam nas atividades do Núcleo, ressaltamos os membros regulares atuais:

-------------------  ::  -------------------

Membros Regulares Atuais (2007)

Da Faculdade de Educação Física - FAEFI/UFU

Da Escola de Educação Básica - ESEBA/UFU:

  • Prof. Dr. Gabriel H. Muñoz Palafox
  • Ana Paula Silva - discente
  • Diego Cristovão Feliciano - discente
  • Profª Danielle Barbosa Santos
  • Profª Esp. Elizabet Rezende Faria
  • Prof. Ms. Leandro Rezende
   
Da Rede Municipal de Ensino de Uberlândia, MG Da Rede Estadual de Ensino de MG (40ª SRE)
  • Prof. Esp. Juliano Nazari
  • Prof. Ms. Robson Gonçalves Félix
Demais componentes  
  • Prof. Ms. Régis Henrique R. Silva - UFG
  • Profª Ms. Sarah Maria F. Machado - ESEFEEGO/UEG Goiânia
  • Prof. Tiago Soares Alves
 

-------------------  ::  -------------------

ENTIDADES PARCEIRAS

O Nepecc ainda conta com a parceria de outras instituições, entre as quais encontram-se:

  • FAEFI/UFU - Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Uberlândia
  • ESEBA/UFU - Escola de Educação Básica da Universidade Federal de Uberlândia
  • REE-MG - 40ª Superintendência Regional de Educação da Rede Pública Estadual de Ensino de Minas Gerais

 

voltar

PORTAL | O NEPECC | FUNDAMENTAÇÃO | ATIVIDADES | NOVIDADES | CONTATOS